“Com o pagamento do maior Fundeb da história, eu vou conseguir ajudar o meu irmão que está doente. Eu estou muito feliz, graças a Deus”. É assim que a secretária da Escola Estadual Sebastião Norões, Maria de Nazaré Aguiar Lima, comemora o maior abono da história do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O pagamento foi anunciado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, nesta quarta-feira (15/12). 

A profissional da educação é uma das 32.966 profissionais da Secretaria de Estado de Educação e Desporto e do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) que recebem o pagamento do benefício na próxima quinta-feira (23/12). 

Gestora da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI), Priscilla Dantas (FOTOS: Divulgação/Seduc).

A gestora da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI), Priscilla Dantas, celebrou o anúncio: “Hoje estamos comemorando o maior Fundeb do estado do Amazonas, que está sendo pago pelo governador Wilson Lima em parceria com a nossa secretária de educação, ou seja, é um momento de alegria, de confraternização por toda a valorização que está acontecendo com os servidores da educação. Hoje, os administrativos, os auxiliares de serviços gerais, pedagogos, gestores, todos os envolvidos com a causa escolar estão sendo valorizados pelo seu trabalho. Parabéns, governador, Wilson Lima, e muito obrigada”, enfatizou. 

Os valores do abono variam de R$ 12,6 a R$ 37,8 mil para professores, pedagogos e servidores técnicos e administrativos. Essas duas últimas categorias passaram a receber o benefício depois que o governador Wilson Lima editou decreto ampliando o alcance para todos os profissionais da área.

Professor Erivan Barboza (FOTOS: Divulgação/Seduc).

“É uma grande satisfação como funcionário público, sobretudo como professor, estar recebendo o Fundeb nesse final de ano, depois de dois anos em pandemia, que deixou muita gente em situação difícil, estar tendo esse privilégio é uma grande satisfação. Quero agradecer ao Governo do Estado pelo reconhecimento à nossa categoria, e esse dinheiro vai servir para que a gente possa rever nossas finanças, colocar algumas pendências em dia, ou seja, vem em boa hora”, explicou o professor do município de Manacapuru, Erivan Barboza. 

A gestora da Escola Estadual Menino Jesus de Praga, Isete Canto, afirmou que o anúncio revela o comprometimento do governador Wilson Lima com os profissionais da educação: “Estou feliz, realizada. Eu quero agradecer em nome de todos os nossos funcionários da escola Menino Jesus de Praga pela valorização que nos foi dada”.

Maior Fundeb da história – Em 2016, quando foi pago o primeiro abono, o valor foi de R$ 517,39 a cada 20 horas. Em 2017, chegou a R$ 7.874,98. Já em 2018, os professores e pedagogos receberam R$ 3,6 mil a cada 20 horas de trabalho. Em 2019, foram pagos R$ 750,00 por carga horária.

Em 2020, o governador Wilson Lima não só ampliou o valor como também o alcance do abono, contemplando todos os servidores da educação com R$ 4,2 mil a cada 20 horas – à época, o segundo maior da história, com complemento do Tesouro Estadual para atender os administrativos.

Desde 2019, o Governo do Estado tem garantido o rateio das “sobras” do Fundeb, que é possível devido ao aumento da arrecadação da receita do estado e dos repasses do Governo Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Primeiro sorteio do ano da ‘Nota Premiada Manaus’ ocorre nesta segunda-feira, 31/1

A Prefeitura de Manaus realizará, na próxima segunda-feira, 31/1, o primeiro sorteio do ano…