A celebração de acordos de cooperação técnica e avanços na articulação de ações visando à redução de desigualdades regionais foram destaques da 301ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), ocasião na qual também foi aprovada uma pauta com 22 projetos industriais e de serviços, que somam investimentos totais de aproximadamente R$ 1,7 bilhão e preveem a geração de 832 postos de trabalho nos próximos três anos. A reunião ocorreu na manhã desta sexta-feira (3), no auditório do Fórum Advogado Sobral Pinto, na Praça do Centro Cívico, em Boa Vista (RR), e representou o último encontro do Conselho neste ano.

O evento foi presidido pelo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre Da Costa, e contou com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, do governador de Roraima, Antonio Denarium, do governador de Rondônia, Marcos Rocha, do prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique, e de demais autoridades e personalidades ligadas à classe política e empresarial da região Amazônica.

O primeiro acordo foi o termo de cessão de gozo e uso gratuito à Prefeitura de Boa Vista de um galpão industrial.

Celebração de acordos

A reunião foi marcada pela celebração de acordos entre a Suframa e instituições públicas de Roraima com o objetivo de aprimorar a operacionalização de serviços e atividades desenvolvidas pela Autarquia, bem como incentivar o ecossistema de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) local.

O primeiro acordo foi o termo de cessão de gozo e uso gratuito à Prefeitura de Boa Vista de um galpão industrial situado no terreno da antiga Coordenação Regional da Suframa em Boa Vista, localizado no bairro de São Vicente. A expectativa é de que o galpão, com área construída de 1.531 metros quadrados, sedie futuramente as instalações do Hub de Inovação de Roraima.

Houve, ainda, a assinatura de acordo entre a Suframa e o governo de Roraima visando à implantação de uma Zona de Desenvolvimento Sustentável (ZDS) no Estado.

Em seguida, foi assinado o Acordo de Cooperação Técnica com a Junta Comercial do Estado de Roraima (JUCERR), pelo qual a Suframa recebe acesso ao banco de dados da entidade, a fim de otimizar os procedimentos de cadastro de empresas na Área de Livre Comércio de Boa Vista  (ALCBV). 

Houve, ainda, a assinatura de acordo entre a Suframa e o governo de Roraima visando à implantação de uma Zona de Desenvolvimento Sustentável (ZDS) no Estado.

Balanço

Durante a reunião, o superintendente Algacir Polsin também fez um balanço das principais atividades desenvolvidas pela Autarquia em 2021, destacando, principalmente, o papel da Suframa na articulação de iniciativas de desburocratização e facilitação do ambiente de negócios. “O Conselho de Administração da Suframa aprovou, em 2021, quase 180 projetos industriais, com expectativa de geração de 13.724 postos de trabalho e projeção de faturamento adicional de US$ 17,7 bilhões em até 3 anos”, afirmou. “Além disso, destaca-se também a chegada ao Polo Industrial de Manaus (PIM) de 40 fábricas em dois anos e a previsão de faturamento do PIM, neste ano, da ordem de R$ 140 bilhões, com cerca de 102 mil empregos diretos gerados. São números bastante representativos”, complementou.

Os conselheiros também aprovaram o calendário de encontros para o próximo ano de trabalho.

Após detalhar as entregas e realizações de 2021, Polsin também citou ações que serão realizadas no próximo ano em parceria com o governo federal e outros entes públicos e privados, tendo como intuito principal  contribuir para a execução de projetos fomentadores do desenvolvimento sustentável na região.

Entre essas ações, o superintendente destacou a licitação de 267 lotes no Distrito Agropecuário da Suframa e de 14 lotes na Área de Expansão do Distrito Industrial de Manaus; o início do georeferenciamento do DAS; a implantação do projeto turístico “Zona Franca de Portas Abertas”; a participação na EXPODUBAI (em março de 2022); o prosseguimento das ações de implantação da ZDS Abunã-Madeira e da ZDS Roraima; e o lançamento do edital para a gestão do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

Prestígio

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, salientou que sua presença no evento foi principalmente em reconhecimento à atuação da Suframa na região. “Fiz questão de vir a esse evento, saindo de Rondônia para Roraima, um estado vizinho que, por conta da malha viária, torna-se distante, para prestigiar o bom trabalho desenvolvido pela Suframa”, frisou.

O governador de Roraima, Antônio Denariun, também elogiou a gestão da Suframa e expressou votos para a manutenção do atual comando por um longo período, tendo em vista a potencialização da parceria entre a Autarquia e o governo estadual para o desenvolvimento sustentável roraimense.

No encerramento da reunião, o secretário especial Carlos Da Costa destacou o compromisso do governo federal com o modelo Zona Franca de Manaus. “Quero reforçar que, no que depender do atual governo, ninguém irá tocar na Zona Franca de Manaus, que, na verdade, é de toda a Amazônia”, pontuou.

Calendário

Os conselheiros também aprovaram o calendário de encontros para o próximo ano de trabalho, o qual prevê seis reuniões ordinárias: 24 de fevereiro (Manaus/AM); 28 de abril (Macapá/AP); 23 de junho (Manaus/AM); 18 de agosto (Rio Branco/AC); 20 outubro (Manaus/AM) e 07 de dezembro (Porto Velho/RO).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Planos de saúde crescem no Amazonas o dobro da média nacional

O avanço dos planos de saúde ocorre em um momento em que as operadoras têm priorizado as contas para pessoas jurídicas em detrimento das pessoas físicas.

Amazonas deve produzir 56 mil toneladas de grãos na temporada 2021/22

No Brasil, produção tem crescimento estimado em 5%, devendo alcançar 268 milhões de toneladas

Wilson Lima entrega itens para incentivar agricultura familiar e produtores de associações do setor primário

Entregas vão beneficiar 16 mil pequenos agricultores. Governador também lançou Edital de Credenciamento do Promove