Na manhã de terça-feira (02/08), em Manaus/AM, o Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da RFB da Alfândega do Porto de Manaus (SEREP/ALF/MNS) interceptou 100kg de pedras aparentemente semipreciosas, distribuídas em nove encomendas postais, que tinham como destino cidades nos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Essas pedras serão periciadas pela Polícia Federal para confirmação de identificação e valoração.

O Inciso III do Art. 6 do Regulamento do IPI (Decreto 7.212/2010) prevê a pena de PERDIMENTO para essas pedras semipreciosas retidas pela RFB, caso a origem não seja comprovada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Sobe para 1,4 mil os convocados para trabalho emergencial na Saúde, diz Governo

Já foram contratados 1.445 profissionais em nove áreas de atuação, como técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, entre outros

Polícia Militar detém infratores após roubo a lanchonete na zona norte

Foram apreendidas armas, celulares e drogas com os envolvidos

Wilson Lima recebe viaturas de Bolsonaro para reforçar o combate à criminalidade na região de fronteira

Amazonas é um dos 12 estados que recebeu equipamento por meio do programa VIGIA do Ministério da Justiça