O secretário de Estado Chefe da Casa Militar do Governo do Amazonas, coronel Fabiano Bó, foi homenageado, nesta terça-feira (05/07), recebendo a medalha Ruy Araújo e o título de cidadão amazonense, concedidos pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). As proposituras são de autoria dos deputados Belarmino Lins e Alessandra Campêlo, respectivamente, e assinadas por unanimidade pelos parlamentares.

A solenidade de outorga ocorreu no plenário Ruy Araújo, na Aleam, reunindo deputados, secretários de estado, autoridades militares, familiares e amigos do chefe da Casa Militar. As honrarias reconhecem personalidades que se destacam no meio político, jurídico ou cultural, e demais segmentos da sociedade amazonense.

O secretário da Casa Militar afirmou que os títulos reconhecem mais de 30 anos de serviço dedicados à Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e agora ao Governo do Estado. Emocionado, ele destacou a importância das ações em razão da pandemia.  

“A gente tem feito vários atos, foram várias ações, foram várias operações. Isso é um reconhecimento da casa do povo, pela Assembleia Legislativa. Isso nos deixa bastante envaidecidos. A única coisa que podemos dizer é que vamos continuar trabalhando arduamente pelo Governo do Amazonas em prol do povo do Amazonas”, afirmou o coronel.

A deputada estadual e autora da propositura do título de cidadão amazonense, Alessandra Campêlo, também expressou reconhecimento pelo trabalho do coronel Fabiano Bó.

“Ele (coronel) teve um papel muito relevante na pandemia, coordenando a logística de transporte das vacinas e, também, dos pacientes mais graves do interior para Manaus, além de uma das operações mais gigantes que já vimos na área da saúde, que foi transportar pacientes de Manaus para o resto do Brasil. Só esse trabalho que ele fez durante a pandemia já lhe renderia esse título”, afirmou Alessandra.

Autor da propositura da medalha Ruy Araújo, o deputado estadual Belarmino Lins, destacou a colaboração do chefe da Casa Militar para o Amazonas.

“Ele é um dos mais destacados colaboradores do governo, exercendo sua função com maestria, disciplina e competência, sem perder a simplicidade e humildade, de tal forma que o Poder Legislativo lhe concede a medalha Ruy Araújo em homenagem aos relevantes serviços prestados em uma carreira militar bem-sucedida”, reconheceu o deputado.

Trajetória

O chefe da Casa Militar Fabiano Machado Bó nasceu em Boa Vista (RR), em 1971. O coronel é bacharel em Segurança Pública, no Ceará, e em Direito pela Uninorte, com Pós-Graduação em Direito Público e em Política e Estratégia, pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg).

Entre as funções na Polícia Militar atuou no 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), 6º BPM, Companhia de Policiamento de Choque da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam). Fabiano comandou ainda batalhões em Lábrea, Tapauá, Canutama, Boca do Acre, Pauini, Coari, Codajás, e outros municípios, além de coordenar os trabalhos do Comando de Policiamento Especializado (CPE). 

FOTOS: Tácio Melo/Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Prefeitura de Manaus realiza operação ‘Calçada Livre’ e remove mais de 30 bancas irregulares do entorno do shopping Phelippe Daou

As equipes de fiscalização vão permanecer na área por ao menos mais 15 dias, promovendo a fiscalização e o ordenamento do local.

Pousos em pistas de ’emergência’ na Amazônia têm prazo ampliado

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou nesta sexta-feira, 20 de…