Devido às fortes chuvas desta sexta-feira, 14/1, a Casa Militar e Defesa Civil registrou na Central de Atendimento (199), 24 ocorrências causadas pelo fenômeno natural. A pasta tem atuado em conjunto com o Centro de Cooperação da Cidade (CCC), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), para atender as famílias prejudicadas pela precipitação.

“Desde a madrugada nossas equipes estão em alerta em decorrência da chuva que iniciou na noite desta quinta-feira. Hoje, já registramos por meio da Central mais de 20 ocorrências, entre elas desabamentos, alagamentos e deslizamento de barrancos. Por uma determinação do prefeito David Almeida, estamos atuando em conjunto com as demais pastas de atendimento imediato, para que possamos dar o suporte do poder municipal às famílias afetadas pelas chuvas”, enfatizou o secretário da Casa Militar, William Dias.

(Fotos – Divulgação).

No CCC, os representantes das pastas estão reunidos para que possam monitorar as ocorrências e decidir em conjunto as ações a serem realizadas pelas equipes de campo. “Como o CCC funciona 24 horas, desde o início da chuva, ainda nas primeiras horas desta madrugada, a nossa equipe está monitorando cada zona da cidade, por meio do Contact Center e das imagens”, explicou o superintendente do CCC, Sandro Diz.

De acordo com informações repassadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu, nesta sexta-feira, aproximadamente 80 milímetros em Manaus, com maior índice pluviométrico na zona Norte da capital.

“Estamos com nossa equipe atendendo mais de dez famílias, que foram afetadas por um deslizamento de barranco no bairro Cidade Nova, onde teve um dos maiores índices de chuva. Estamos com apoio da Semasc e Implurb, para que possamos atender as famílias e verificar as medidas que possam ser adotadas para o problema da área”, enfatizou o chefe da Casa Militar.

(Fotos – Divulgação).

“Nossa equipe do Serviço de Proteção em Situações de Calamidades Públicas e de Emergências esteve nos dois bairros. Detectamos que 16 famílias do Nova Floresta e mais de dez famílias da Cidade de Deus precisam sair de suas casas, com isso elas serão inseridas no Auxílio Aluguel. Caso tenhamos famílias que ainda não sejam atendidas nos nossos Cras, serão referenciadas nas unidades para que possamos fazer o acompanhamento”, afirmou a titular da Semasc, Jane Mara Moraes.

Trânsito

Segundo o IMMU, 24 ocorrências de trânsito foram registradas na cidade, entre elas: três acidentes com danos materiais, dois acidentes com vítimas lesionadas, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Governo do Amazonas executou quase R$ 7 milhões em emendas para assistência social em 2021

Maior parte do recurso foi usada para aquisição de cestas básicas e equipamentos de proteção individual

Vacinas contra a Covid-19 para crianças devem chegar ao Amazonas nesta sexta-feira (14/01)

O Brasil recebeu, na madrugada desta quinta-feira (13/01), o primeiro lote da…

Mais de 24 mil viajaram para o interior no fim de ano

Maior fluxo de saída de passageiros foi no dia 30 de dezembro

Prefeitura de Manaus anuncia construção de base metropolitana do Samu e reformas de UBSs através de emenda federal

A zona rural também será beneficiada com os recursos.