O Governo do Amazonas já definiu que a banca examinadora do concurso da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) será da Fundação Getulio Vargas (FGV). O concurso foi um dos certames anunciados pelo governador Wilson Lima em outubro, quando foi divulgado pacote de benefícios para o funcionalismo estadual durante comemoração pelo Dia do Servidor Público.

Serão oferecidas 210 vagas para cargos de nível médio e superior para a Sefaz-AM, que desde 2005 não tinha concurso público para preenchimento dos seus quadros. As provas devem ser realizadas até abril de 2022.

O concurso foi um dos certames anunciados pelo governador Wilson Lima em outubro (FOTO: Lucas Silva/Secom).

De acordo com a Sefaz-AM, a contratação da FGV, uma das mais respeitadas instituições educacionais do país, com larga experiência na realização de exames, se dará por meio de Dispensa de Licitação, nos termos da Lei nº 8.666/1993, art. 24, inciso XIII, e encontra-se em fase final de tramitação.

Desde o último concurso para a Sefaz, já houve diversos afastamentos e aposentadorias de servidores, o que torna necessário a reposição de vagas, bem como formação de cadastro de reserva para o órgão.

Distribuição de vagas – Para o nível médio, o cargo será o Assistente Administrativo da Fazenda Estadual (AAFE), no qual haverá o preenchimento de 50 vagas mais o cadastro de reserva.

Para o nível superior, serão quatro cargos: Analista do Tesouro Estadual (25 vagas mais cadastro de reserva), Analista de Tecnologia da Informação da Fazenda Estadual (15 vagas mais cadastro de reserva), Técnico de Arrecadação de Tributos Estaduais (25 + CR) e Técnico da Fazenda Estadual (35 + CR), além de 60 vagas para Auditor Fiscal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Campanha Nota Fiscal Amazonense realiza 67º sorteio no dia 15 de dezembro

Sorteio mensal referente ao mês de novembro terá transmissão ao vivo