Dados divulgados no mês de dezembro pelo MapBiomas mostram que o Amazonas é o estado com a maior porcentagem de áreas naturais do Brasil. Com 98,19% de cobertura natural, o estado é exemplo da eficiência do sistema de Unidades de Conservação (UCs) como ferramenta para preservação florestal e inibição de crimes ambientais, conforme explica o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

“Esse dado do MapBiomas atesta o esforço que o Governo do Amazonas tem feito para manter a floresta em pé. Esse resultado é a prova de que as Unidades de Conservação são espaços efetivos, responsáveis para que esse resultado fosse alcançado”, afirmou.

O engenheiro ambiental e assessor do Núcleo de Geoprocessamento e Gestão de Florestas da Sema, Maycon Castro, ressalta que 54% do território do estado é composto por UCs Estaduais, Federais e Terras Indígenas (TI). Sob a gestão direta da Sema estão 12% de todo o território, que é a porcentagem correspondente às UCs Estaduais.

“O nosso sistema estadual de Unidades de Conservação é uma verdadeira barreira para que crimes ambientais proliferam. E o mais interessante é que, por meio dele, as comunidades tradicionais são as protagonistas neste processo”, disse.

De todo o território do Amazonas, 92,92% é floresta; 1,96% são áreas de formação natural não florestal e 3,31% espelhos d’água (superfície contínua de água), que, juntos, formam os 98,19% de áreas naturais.

Apenas 0,04% correspondem à área não vegetada urbana, 0,06% áreas não observadas, e 1,70% de pastagem.

Estados da Amazônia – Em comparação a outros estados brasileiros que compõem a Amazônia Legal, o Amazonas é o único que se mantém com mais de 90% do seu território preservado.

Nos dados no MapBiomas, o Mato Grosso (MT) mantém 54% cobertura florestal, Roraima (RR) 72,5%, Pará (PA) 75%, Rondônia (RO) 56%, Amapá (AP) 81%, Acre (AC) 85% e Tocantins (TO) 52%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Governo do Amazonas elabora estratégias para vacinar contra Covid-19 população que reside em áreas rurais

Ação inicia por nove municípios e será expandida para todo o estado, atendendo necessidades logísticas de cada localidade

Fiocruz libera primeira vacina Covid-19 nacional

O primeiro lote de vacinas nacionais foi liberado pelo controle de qualidade interno de Bio-Manguinhos/Fiocruz no dia 14 de fevereiro.

Matrículas para novos alunos da rede pública estadual iniciam nesta segunda-feira (17/01)

Reserva da vaga poderá ser realizada via site de matrículas e presencialmente,…