Com o intuito de combater e conscientizar a sociedade sobre a prática de mendicância de crianças e adolescentes na capital amazonense, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciou nesta segunda-feira (13/12), a segunda edição da campanha “Não troque a infância por moedas”. A iniciativa ocorre nos semáforos, terminais de ônibus e nos shoppings centers.

A ação é coordenada pela Secretaria Executiva de Direitos da Criança e Adolescente (Sedca) e segue nos dias 15 e 17, com panfletagem em pontos estratégicos como os shoppings Manauara, Amazonas, Ponta Negra, Sumaúma, Via Norte e Grande Circular. Os terminais da Cidade Nova, Jorge Teixeira e São José também estarão em campanha, além dos semáforos nas avenidas, Pedro Teixeira, Constantino Nery, Brasil, Cosme Ferreira, Rodrigo Otávio, entre outros. 

A iniciativa ocorre nos semáforos, terminais de ônibus e nos shoppings centers (FOTOS: Eduardo Santos e Jadison Sampaio/Sejusc).

Para a secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, a segunda edição da campanha é uma de forma de conscientizar a população que é crime previsto no inciso IV do art. 247 do Código Penal Brasileiro, permitir que alguém menor de dezoito anos mendigue ou seja usado com essa finalidade para comoção pública. 

“A prática de mendicância é muito grande em Manaus. Por isso, estamos trabalhando diariamente, com o Governo do Estado, para combater esse ato. Vamos estar em vários pontos da capital, para conscientizar a sociedade sobre essa prática que prejudica nossas crianças e adolescentes”, disse a gestora. 

De acordo com o titular executivo de Direitos da Criança e Adolescente (Sedca), Emerson Lima, a campanha visa combater a exploração infantojuvenil que acontece diariamente na cidade de Manaus.

Emerson Lima (FOTOS: Eduardo Santos e Jadison Sampaio/Sejusc).

“Nós estamos na nossa segunda edição, já tivemos a primeira em setembro, na qual a sociedade aceitou e nos parabenizou por esse trabalho de abordagem com os doadores. Então, eu gostaria de solicitar o apoio da população, para que não doem valores para as pessoas que estão explorando as crianças. Nosso objetivo é acabar com a mendicância nos semáforos, bem como criar um fluxo de atendimentos a essas crianças “, destacou Emerson.

Programação – A campanha encerra na sexta-feira (17/12). As atividades serão desenvolvidas nos horários das 11h30 às 14h e das 17h às 20h, nos shoppings; das 16h30 às 18h, nos terminais de ônibus e das 16h30 às 18h nos semáforos.

(FOTOS: Eduardo Santos e Jadison Sampaio/Sejusc).

Apoio – A campanha “Não troque a infância por moedas” conta com o apoio da rede de proteção à crianças e adolescentes, composto pelo Conselho Tutelar de Manaus, Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e Ministério Público do Amazonas (MPAM). Para denúncias, é só ligar no disque 100 ou no 0800 092 1407

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Detran-AM anuncia mutirão de exames de legislação e direção em 16 municípios do interior

Início do atendimento acontece nesta quarta-feira (02/02) e vai até o dia 27 de fevereiro, com datas diferentes para cada município

Tefé: roteiro com dicas imperdíveis do que fazer na cidade que fica no coração do AM

Amazonastur preparou roteiro turístico para visitantes que sonham em conhecer o município

Prefeitura faz alinhamento para realizar festa de Réveillon na Ponta Negra

O Réveillon deste ano contará com atrações nacionais como Luan Santana e os artistas do segmento gospel, Fernandinho e Leonardo Gonçalves, além de bandas e cantores locais.