O Auxílio Estadual permanente, do Governo do Amazonas, já alcança 228 mil famílias na capital e interior do estado. Na tarde de ontem (10/12), o governador Wilson Lima deu início às entregas dos cartões em Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus). Na cidade, a ajuda financeira de R$ 150 mensais vai alcançar 3.185 famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

Com Manicoré, o número de municípios realizando a entrega sobe para 52. As entregas do cartão Auxílio Estadual no município ocorrem no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Arindal Vinicius da Fonseca Reis.

O auxílio deve movimentar a economia de Manicoré com a injeção de R$ 5,7 milhões em 12 meses (FOTOS: Arthur Castro/Secom).

“Nós estamos seguindo um cronograma de entrega desses cartões. Nós temos urgência para que isso efetivamente aconteça porque nesse momento é primordial que a gente coloque comida no prato daquelas pessoas que mais necessitam. Nós estamos, por um lado, garantindo segurança alimentar dessas famílias. Por outro lado, nós estamos garantindo a circulação de recursos principalmente nesse fim de ano”, disse o governador.

A parcela do benefício referente a novembro já está disponível, e a de dezembro poderá ser utilizada a partir da semana que vem. O auxílio deve movimentar a economia de Manicoré com a injeção de R$ 5,7 milhões em 12 meses.

Nos municípios do interior, mais de 91 mil cartões já foram entregues em cidades que começaram a distribuição, o equivalente a 64% da meta, que é de 141 mil famílias a serem atendidas. Na capital, as entregas já chegam a 86%, com 137 mil famílias beneficiadas pelo Governo do Estado.

(FOTOS: Arthur Castro/Secom).

“O trabalho do Governo do Estado só vai parar quando o último município tiver sido atendido, a última pessoa tiver recebido. Após essas entregas, a gente vai fazer uma busca ativa, com o apoio das prefeituras, dos órgãos estaduais nos municípios, para ir até a casa das pessoas que às vezes não podem se locomover, estão acamadas, pessoas que moram na zona rural, em locais muito distantes. É determinação do governador Wilson Lima que nenhuma pessoa deixe de receber o cartão”, destacou Alessandra Campêlo, secretária estadual de Assistência Social,.

Beneficiados – Todas as famílias a serem beneficiadas pelo Auxílio Estadual estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza, criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida das mesmas.

“Vai ajudar bastante principalmente na alimentação, porque a gente mal se alimenta, a gente mal tem para comprar remédio. Eu, como sou aposentada, não tenho outro meio de vida a não ser um auxílio desse que o governador do Amazonas está dando, então isso é em prol de todas as pessoas que não têm condições de vida. Esse auxílio veio como luva nas mãos do manicoreense. Então isso veio a calhar, foi uma mão na roda, já ajuda. É uma ajuda e tanto”, disse Celina do Nascimento, de 60 anos.

Para a entrega do cartão, está sendo utilizado o aplicativo Sasi, no qual serão inseridos dados da família beneficiada e será feito o registro fotográfico do beneficiário com o cartão Auxílio Estadual recebido e documentação em mãos.

Para saber se está entre os beneficiários, o cidadão precisa acessar o site do Auxílio Estadual (www.auxilioestadual.com.br). No endereço, o usuário também é informado sobre a data e o posto em que deve comparecer para pegar o cartão.

Para receber o cartão, os contemplados devem comparecer aos locais de entrega com documento de identificação com foto e CPF (originais).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Milky Moo e Amazon Steakhouse inauguram no Millennium Shopping

Em expansão no Brasil, a Milky Moo inaugura a segunda loja em Manaus e oferece mais de 30 sabores de milk shakes, além de mimos da marca, como copo de acrílico, chaveiro, pelúcia e almofada. 

A Tele Sena está premiando moradores do Norte do Brasil

Promoção “5 mil, Brasil!”, dará R$5 mil, em certificados de barras de ouro, de segunda a sexta, para cada região do país

Inscrições para ‘CNH Social’ se encerram na sexta-feira (31/12)

Interessados podem se inscrever no projeto do Governo do Estado pelo site www.detrancidadao.am.gov.br