A campanha “Faça a Conta. Use GNV!”, que visa conceder 250 bônus no valor de R$ 4 mil por conversão e regularização de veículos para uso de gás natural veicular (GNV), está em ritmo acelerado.  Taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas devem pisar no acelerador para garantir a sua participação.

Iniciativa do Governo do Estado por meio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), esta edição da campanha é voltada a esses três segmentos, que integram parcela de profissionais fortemente afetados pela crise econômica decorrente da pandemia e pelos sucessivos reajustes de preços de outros combustíveis.

Taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas devem pisar no acelerador para garantir a sua participação (FOTO: Divulgação/Cigás).

Para participar, taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas devem acessar a página oficial da campanha (www.usegnv.cigas-am.com.br), e ler atentamente o regulamento. Depois disso, seguir o passo a passo que compreende: solicitar autorização para conversão do veículo junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM); instalar o kit GNV a partir de 5ª geração em oficina credenciada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro); realizar a inspeção do veículo em instituição técnica licenciada; fazer a vistoria em empresa credenciada; e atualizar o documento do veículo no Detran-AM.

Feito isso, o motorista deve reunir toda a documentação, realizar a inscrição no endereço eletrônico www.usegnv.cigas-am.com.br e aguardar a análise por parte da Cigás. Em se confirmando que a documentação está apta, os participantes serão contemplados com o incentivo.

Beneficiados estão satisfeitos – Foi o que ocorreu com os motoristas de aplicativo Edivanor Amaral, 46, Márcio Betti, 51, e Rafael Bruno Costa, 35, contemplados nesta edição da campanha. Eles seguiram todos os procedimentos previstos no regulamento da campanha e agora, estão satisfeitos com o benefício em mãos.

Além do bônus de R$ 4 mil, os beneficiados já estão comprovando a economia proporcionada pelo gás natural veicular frente a outros combustíveis (FOTO: Divulgação/Cigás).

“Um amigo me falou da campanha, fiz a instalação do kit GNV, a regularização e a inscrição, por isso, eu recomendo que instale (o kit GNV) e participe da campanha”, afirmou Edivanor Amaral, que parabenizou a Cigás pela iniciativa e fez questão de ressaltar a importância da “Faça a Conta. Use GNV!” para os que, assim como ele, são profissionais do volante.

Além do bônus de R$ 4 mil, os beneficiados já estão comprovando a economia proporcionada pelo gás natural veicular frente a outros combustíveis. Há três anos e meio atuando como motorista de aplicativo, Márcio Betti afirma que antes da pandemia chegava a ter um lucro de R$ 300 diariamente e que com a pandemia e os aumentos no preço da gasolina, esse valor passou a girar em torno de R$ 80 a R$ 100, porém, desde que realizou a conversão do carro, o lucro voltou a subir e está fazendo grande diferença na renda familiar. Ele disse estar muito feliz por ter sido contemplado com o bônus de R$ 4 mil, também parabenizou a Cigás pela campanha e afirmou: “Eu indico a campanha. É confiável”.

Outro ganhador desta edição da “Faça a Conta. Use GNV!”, Rafael Bruno Costa, disse que quase parou de atuar como motorista de aplicativo devido aos constantes aumentos do preço da gasolina e que ele viu novamente o lucro aumentar depois de instalar o kit GNV. “Eu não tinha praticamente nem lucro. Trocava o rendimento pela gasolina. Se eu levasse R$ 70 por dia pra casa era muito. Agora, vou pra casa com R$ 200, R$ 180 livre nessa faixa”, comentou. Ele afirma que tem indicado a campanha para outros colegas de trabalho e aconselha que os motoristas se preocupem em ler o regulamento para cumprir todos os requisitos, legalizar a situação e assim, concorrer ao benefício.

GNV proporciona economia –  Segundo o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, desde a sua implantação, no Amazonas, o gás natural veicular sempre foi uma alternativa mais econômica, se considerar estudos baseados em análise de preço e autonomia.

Análise de dados levantados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a partir das variáveis preço e autonomia, indicam que a economia proporcionada pelo uso do GNV no bolso dos motoristas em comparação com a gasolina pode chegar a 42% e em relação ao etanol atingir um percentual ainda maior: de 50%.

A Cigás disponibiliza os seguintes canais de comunicação para esclarecimentos sobre a campanha: 98420-7876 (Whatsapp), atendimento telefônico pelo número 117, e o e-mail usegnv@cigas-am.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Governador Wilson Lima encaminha à Aleam projeto de lei que aperfeiçoa e prorroga Lei de Incentivos Fiscais do Estado

A medida aperfeiçoa a legislação vigente, proporcionando segurança jurídica às empresas instaladas na Zona Franca de Manaus (ZFM).

Azul aguarda conclusão de obras em aeroportos do interior do Amazonas e Amapá para iniciar suas operações

Companhia está há cerca de seis meses com sua operação em espera para iniciar voos em cinco novas cidades nos dois estados, mas administradores locais ainda não evoluíram com as obras necessárias para adequação da infraestrutura de seus aeroportos