Cerca de 15 mil quelônios foram devolvidos à natureza na Reserva Extrativista (Resex) Canutama. A soltura foi realizada nas praias das comunidades Santa Bárbara, Vista Alegre e Sacado, entre os dias 3 a 6 de dezembro. Este é o 12º ano em que a atividade é realizada, totalizando, até o momento, a soltura de 950 mil filhotes na região.

Moradores da Floresta Estadual (Florest) Canutama também participaram da atividade, que compôs uma agenda da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), gestora das Unidades de Conservação (UC), na região.

Este é o 12º ano em que a atividade é realizada, totalizando, até o momento, a soltura de 950 mil filhotes na região (FOTOS: Divulgação/Sema).

Além da soltura dos filhotes de tartaruga e tracajá, foi realizada uma reunião com os Conselhos Gestores da Resex e da Florest Canutama, na comunidade São Jerônimo, com apoio do gerente das UC, Altemar Lopes, e da técnica Karen de Santis. 

“A soltura dos quelônios é resultado de um trabalho participativo extremamente relevante, em que as comunidades se mobilizam pela manutenção das espécies”, destacou o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira. 

(FOTOS: Divulgação/Sema).

Manejo de quelônios – A Resex Canutama realiza o manejo para preservação de filhotes de tartarugas e tracajás desde 2010. 

De junho a dezembro, os comunitários se mobilizam para  percorrer áreas de praias, campinas e barrancos para procurar covas, onde as fêmeas depositam seus ovos durante a descida dos rios.

Quando localizados, os ovos são coletados e transferidos para uma estrutura conhecida como berçário, que reproduz o habitat natural dos animais. Os ovos ficam no local até sua eclosão.

(FOTOS: Divulgação/Sema).

Após o nascimento, os filhotes são realocados em tanques, onde permanecem até atingirem um tamanho ideal para serem soltos na natureza em segurança. 

“Com a soltura dos quelônios é esperado que a população dos bichos de casco aumente nos rios”, explica Karen de Santis. 

Conselho Gestor  –  As reuniões do Conselho Consultivo da Floresta Estadual Canutama e do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista Canutama são eventos anuais que acontecem para que moradores e representantes de organizações da região tenham maior envolvimento na gestão das UC.

No encontro deste ano, os Conselhos Gestores apresentaram as ações de 2021 e construíram o planejamento de ações para 2022. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

COVID-19: Casos confirmados saltam para 2,7 mil no Amazonas, nesta sexta-feira (14/01)

As informações são disponibilizadas diariamente pelas prefeituras municipais


Unidades de saúde do Amazonas são beneficiadas com instalação de 29 usinas de oxigênio 

A instalação de novas usinas geradoras de oxigênio nas unidades de saúde…