Investigação de crimes, atendimento ao público, produção de inquéritos, redação de relatórios para a Justiça e observação da tramitação de processos são algumas das atividades realizadas pelo delegado da Polícia Civil. A área será uma das contempladas com o concurso público anunciado pelo governador Wilson Lima, que faz parte dos investimentos do programa Amazonas Mais Seguro.

Titular da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), o delegado Fernando Bezerra, explica que os profissionais atuam na coordenação das atividades policiais, solicitando medidas protetivas ao juiz de direito, administrando as delegacias e, principalmente, comandando investigações criminais.

Delegado Fernando Bezerra (FOTOS: Tarcísio Heden/SSP-AM).

“O delegado de polícia é responsável por comandar instituições policiais, ele tem a autoridade e delibera a respeito das circunstâncias prisionais em flagrante. Ao mesmo tempo, o delegado é responsável pelas investigações. Ele condensa em um documento chamado de inquérito policial, e a titularidade desse procedimento investigatório é do delegado, que vai determinando as diligências e providências que precisam ser realizadas”, explicou.

As exigências sobre o perfil do delegado são bem rígidas. Segundo Fernando Bezerra, além de vasto e sólido conhecimento técnico, o profissional também deve ser dinâmico e carregar consigo o espírito de liderança.

“A rotina de um delegado pressupõe dois pontos: conhecimento técnico jurídico, visto que ele vai deliberar sobre questões jurídicas importantes a respeito da liberdade de alguém, a respeito da validade de uma prova, mas também precisa ter um dinamismo prático, que é ter um vigor físico empregado na atividade, porque ele vai comandar diretamente uma equipe policial”, enfatizou o delegado.

Para o concurso público anunciado pelo governador Wilson Lima, a previsão é de que sejam disponibilizadas 62 vagas para esta área.

Dicas – Para se tornar um delegado de Polícia Civil, o candidato além dos conhecimentos técnicos, precisa ter foco e muita disciplina. “O candidato deve dominar pelo menos cinco disciplinas de forma bem integral, que são o Direito Penal, Processo Penal, Legislação Penal Especial, Direito Constitucional e Direito Administrativo. Esse espinho dorsal é crucial para a sua aprovação”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Bolsa Idiomas encerra inscrições com mais de 13 mil candidatos

Os cursos serão para ingresso no primeiro semestre do ano de 2022, proporcionando sete idiomas diferentes, em 17 instituições participantes.

Senac AM abre inscrições para banco reserva para PCDs em Manaus e cidades do interior

Cadastro reserva é para vaga de assistente administrativo e pede experiência e disponibilidade de horário