O Governo do Estado alcançou 199,4 mil famílias amazonenses em situação de pobreza e extrema pobreza, até esta quinta-feira (02/12), com o Auxílio Estadual Permanente. Isso significa que o benefício criado pelo governador Wilson Lima já chegou às mãos de 66,5% do público estimado. Esta é a terceira semana de distribuição e o calendário do programa está em andamento em 37 cidades, incluindo Manaus.

Nesta quinta-feira (02/12), o governador Wilson Lima deu início às entregas em Novo Airão e Manacapuru, cidade do interior do estado com maior número de famílias a serem assistidas. Por mês, cada família contará com o valor de R$ 150 para a aquisição de alimentos. Em todo o estado, o governo estadual planeja atender 300 mil famílias ao longo dos próximos 12 meses, um investimento social com impacto direto na economia dos municípios.

Esta é a terceira semana de distribuição e o calendário do programa está em andamento em 37 cidades, incluindo Manaus (FOTOS: Arthur Castro/Secom).

“Esse é um programa fundamental para garantir dignidade às famílias que mais precisam, sobretudo nesse momento que estamos vivendo, de pandemia. As pessoas são beneficiadas diretamente e a economia dos municípios também, porque esse recurso passa a circular na cidade e movimentar o comércio”, destacou o governador do Amazonas.

Considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas, o Auxílio Estadual completa um conjunto de esforços do governo Wilson Lima de combate à fome e à pobreza. Projetos como o “Peixe no Prato”, a distribuição de cestas básicas e os restaurantes populares “Prato Cheio” são outros exemplos de medidas adotadas em atenção aos mais pobres. Só com o auxílio, o governo estima investir R$ 540 milhões nos próximos 12 meses.

Na agenda em Novo Airão, Wilson Lima fez a entrega de uma viatura modelo pick-up 4×4, para o 6º Grupamento da Polícia Militar de Novo Airão (FOTOS: Arthur Castro/Secom).

Entregas em Novo Airão – Após abrir o calendário de distribuição do benefício em Manacapuru, Wilson Lima seguiu para Novo Airão (cidades, respectivamente, a 68 e a 115 quilômetros de Manaus) para acompanhar as entregas. Na cidade, os cartões vão representar a injeção mensal de R$ 172,3 mil na economia local.

O ponto de entrega no município é o Ginásio Poliesportivo Municipal Luís Jorge da Silva Ferrari, situado na avenida Presidente Castelo Branco, 415, bairro Anavilhana. As entregas acontecerão no período de cinco dias, sendo na quinta-feira (02/12) e na sexta-feira (03/12), das 8h às 17h. No sábado (04/12), das 8h às 12h. No domingo (05/11) não haverá atendimento. As entregas voltam na segunda-feira (06/12) e na terça-feira (07/12), das 8h às 17h.

Para receber o cartão, o contemplado deverá apresentar documento de identificação com foto e CPF (originais), no posto de entrega do município. A data para recebimento do cartão pode ser consultada no site www.auxilioestadual.com.br.

Na agenda em Novo Airão, Wilson Lima fez a entrega de uma viatura modelo pick-up 4×4, para o 6º Grupamento da Polícia Militar de Novo Airão. O veículo dará suporte ao patrulhamento ostensivo na cidade, garantindo mais segurança à população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Prefeito de Novo Aripuanã se reúne com bancada federal para tratar sobre o conflito da extração do ouro na região do Rio Madeira

No total, pelo menos 131 balsas utilizadas pelos garimpeiros foram apreendidas ou destruídas até o momento.

Prefeito amplia em mais R$ 30 milhões orçamento de Manaus para 2022 com emendas da Aleam

As obras também contarão com os R$ 150 milhões anunciados pelo governo do Amazonas e os R$ 400 milhões provenientes do Banco do Brasil.

Wilson Lima inaugura oitavo Ceti da gestão, no Viver Melhor, e abre mil vagas na educação de tempo integral

Até o primeiro semestre de 2022, mais cinco Cetis serão inaugurados no interior

Amazonas cumpre todas as metas fiscais do Programa de Ajuste Fiscal

Governo reduziu endividamento, aumentou arrecadação e promoveu equilíbrio nas contas públicas, atesta relatório do Tesouro Nacional.