“Uma oportunidade!”. Foi assim que a dona de casa Glenda de Almeida Matos, de 32 anos, resumiu o projeto “CNH Social”. Ela, que está desempregada, foi uma das mil primeiras pessoas selecionadas no projeto, que compareceram ao Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), nesta quarta-feira (1º/12), para dar início ao processo de obtenção da tão sonhada habilitação.

“Sou muito grata por essa oportunidade, que o governo, juntamente com o Detran, está nos concedendo, até por conta da falta de emprego. A ‘CNH Social’ é muito importante para cada cidadão que não tem condições financeiras de conseguir uma habilitação, e eu sou uma delas”, enfatizou a dona de casa.

(FOTOS: Divulgação/Detran-AM).

Assim como dona Glenda, outras 99 pessoas estavam agendadas para esta quarta-feira, para fazerem a entrega da documentação, captura da biometria e da foto, além dos exames médicos e psicológicos. Tudo na sede Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), localizado na avenida Mário Ypiranga Monteiro, no bairro Parque 10, na zona centro-sul.

A doméstica Williana Souza da Cunha, de 24 anos, foi uma dessas pessoas. Ela vai tirar a primeira CNH na categoria B. “Vai me ajudar muito, porque eu não tenho condições financeiramente, e já me facilita até entrar no mercado de trabalho tendo uma CNH. Isso foi uma oportunidade boa que a gente está tendo, graças a Deus”, comemorou.

(FOTOS: Divulgação/Detran-AM).

Entrega da documentação – A entrega da documentação acontece nos dias 1º, 3, 7, 9, 11, 14 e 17 de dezembro, na sede do Detran-AM. Os candidatos que não puderem comparecer no dia e horário agendado só poderão dar continuidade ao processo após um novo chamamento aos faltosos. Se, nessa nova oportunidade, a pessoa selecionada faltar novamente, ela perderá o direito ao benefício.

É importante lembrar que, ao comparecer ao Detran, o candidato deve ter em mãos o original e a cópia dos seguintes documentos:

• Documento de identidade com foto (RG, carteira de trabalho);

• CPF;

• comprovante de residência atualizado;

• título de eleitor; e

• comprovante de renda.

Aula inaugural – A aula inaugural da primeira turma da “CNH Social” será realizada nesta quinta-feira (02/12), na sede do Detran-AM. Serão 30 alunos que iniciarão o curso teórico de legislação para tirar a primeira habilitação nas categorias A e B.

(FOTOS: Divulgação/Detran-AM).

Já a primeira aula prática de direção para os candidatos selecionados no processo de adição ou troca de categoria acontece na sexta-feira (03/12), no Complexo de Treinamento de Direção Veicular (CTDV). A turma terá 20 alunos.

Próxima lista – O projeto “CNH Social” continua com inscrições abertas até o dia 31 de dezembro. Pode se inscrever qualquer pessoa acima de 18 anos, que seja inscrita no Cadastro Único (CadÚnico), possua renda per capita de até meio salário mínimo, e renda mensal familiar de até dois salários mínimos.

A nova lista com selecionados em Manaus e também no interior do estado está prevista para ser divulgada em janeiro do ano que vem.

Para este primeiro ano de “CNH Social”, o Governo do Amazonas, por meio do Detran-AM, vai ofertar 20 mil vagas para o projeto em todo o estado.

Projeto aprovado em lei, a “CNH Social” será ofertada todos os anos pelo Detran Amazonas. O que deve variar é a quantidade de vagas, que irá depender da arrecadação do órgão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Fundação Cecon realizou mais de 7,7 mil cirurgias entre os anos de 2019 e 2021

Cirurgia é a única forma de tratamento contra o câncer em estágio inicial em 59% dos casos, segundo a OMS

Prosamin+ inova com reflorestamento de áreas degradadas e ampliação do espaço verde

Dos 445.596,31m² abrangidos pelo novo programa, 39% serão para reflorestamento e paisagismo

Prefeitura de Manaus anuncia construção de base metropolitana do Samu e reformas de UBSs através de emenda federal

A zona rural também será beneficiada com os recursos.

Visa Manaus apreende mais de 280 quilos de carne suína em depósito de empresa na zona Oeste

Os fiscais da Gerência de Vigilância de Produtos (GVPRO), da Visa Manaus, foram ao estabelecimento para fazer uma reinspeção em suas dependências