O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), retomou nesta terça-feira (30/11) a entrega dos cartões do Auxílio Estadual permanente às 5.046 famílias de Coari (a 363 quilômetros de Manaus). A distribuição do benefício havia sido suspensa, no último dia 20 de novembro, após determinação da Justiça. Na sexta-feira (26/11), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) revogou a decisão e liberou a retomada das entregas do auxílio mensal de R$ 150.

O benefício vai alcançar 300 mil pessoas, sendo 142 mil no interior do estado (FOTOS: Tácio Melo/Secom).

Em ação inédita e histórica, o Governo do Estado criou o Auxílio Estadual permanente, no valor de R$ 150 mensais. O benefício vai alcançar 300 mil pessoas, sendo 142 mil no interior do estado.

Em Coari, a distribuição dos cartões acontece em regime de “viradão”, iniciando às 8h desta terça-feira e seguindo até quarta-feira (1°/12), no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Professor Manuel Vicente Ferreira Lima. Serão 24 horas de entrega do Auxílio Estadual Permanente, sem intervalo.

A titular da Seas, Alessandra Campêlo, conduziu a solenidade que marcou a retomada da distribuição do benefício. Para a ação em Coari, o Governo do Amazonas mobilizou cerca de 64 servidores do Estado. No município, a injeção de recursos com o auxílio será de mais de R$ 750 mil, mensalmente. A solenidade de entrega dos cartões contou com a participação dos deputados Dr. Gomes, Saullo Vianna e Felipe Souza, além de secretários estaduais.

(FOTOS: Tácio Melo/Secom).

“A gente está fazendo, aqui, um dever de ofício. É trabalho, é obrigação, mas é uma coisa que também mexe muito com o coração de todo mundo, e aí a gente passa a entender a necessidade que toda a população está passando nesse pós-pandemia. E o governador Wilson Lima, a partir disso, se sentiu mais do que na obrigação de recorrer, de garantir esse direito a essas famílias, mas, principalmente, de colocar a equipe do Governo do Estado aqui, que vai fazer um viradão, vai ficar 24, 48, 72 horas, o tempo que for, sem dormir, para garantir que essas mães possam colocar comida na mesa dos seus filhos”, reforçou a secretária.


Ajuda bem-vinda – A agricultora Alzimara da Silva Amorim, de 26 anos, moradora da comunidade Divino Espírito Santo do Angelin, foi uma das contempladas pelo Auxílio Estadual permanente. Ela disse que vai usar o benefício para comprar, principalmente, comida para a família, formada pelo esposo e o filho pequeno.

“Esse auxílio representa bastante, porque a gente que mora no interior precisa e é muito necessitada. Aí, tudo o que vem é para ajudar o povo coariense. Eu agradeço muito a ele [Wilson Lima] e à equipe dele. Ele está fazendo um ótimo trabalho”, elogiou Alzimara.

A entrega do benefício é feita somente para o titular do cartão, mediante apresentação de documento de identificação com foto, coleta de assinatura na cautela e registro no aplicativo Sasi.

A entrega do benefício é feita somente para o titular do cartão, mediante apresentação de documento de identificação com foto (FOTOS: Tácio Melo/Secom).

Para conferir se é beneficiário, é preciso acessar o site www.auxilioestadual.com.br. O site também informa quando e onde o cartão será entregue.

Sobre o auxílio – O Auxílio Estadual permanente já é considerado o maior programa estadual de transferência de renda do país, garantindo a segurança alimentar de milhares de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. A previsão de conclusão das entregas dos cartões é 15 de dezembro. Em seguida, será iniciado um trabalho de busca ativa dos beneficiários remanescentes.

Critérios de acesso – Todas as famílias contempladas com o Auxílio Estadual permanente estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria de vida das mesmas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Governo do Amazonas entrega Auxílio Estadual em nove municípios nesta sexta-feira

O benefício, no valor de R$ 150 mensais, é destinado a pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza em todo o estado

Internamento de mercadorias nacionais na área incentivada da Suframa cresce 14,2% no primeiro bimestre

Os dados são do Sistema de Mercadoria Nacional (SIMNAC) da Suframa.

Sefaz lança calendário de pagamento o IPVA 2022

No site da Sefaz, o contribuinte pode emitir sua guia de pagamento a partir de 3 de janeiro