A Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem de Luiza Beatriz Rodrigues Costa, de 23 anos, que está desaparecida desde o dia 20 de novembro deste ano, quando saiu, por volta das 14h, da casa onde mora, na rua dos Cactos, bairro Tarumã-Açu, zona oeste de Manaus, para ir a uma festa naquele mesmo bairro.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Deops nesta segunda-feira (29/11), pela mãe adotiva da desaparecida, Jeane Pessoa Brandão, 52, a jovem teria informado que iria para uma festa e, em seguida, seguiria para a casa de seu companheiro, PARA buscar seu filho.

Ainda conforme o BO, desde essa data, os familiares não tiveram mais notícias sobre o paradeiro de Luiza, de seu filho e do companheiro. Colegas de trabalho da jovem também informaram que ela não estava comparecendo ao local.

A delegada Catarina Torres, titular da Deops, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Luiza que entre em contato com a Deops, por meio do número (92) 3214-2269, ou pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

A Deops está situada nas dependências do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona centro-sul da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Café da manhã beneficente é realizado para cobrir despesas mensais de instituição em Manaus

O Núcleo de Assistência à Criança e Família em Situação de Risco…

UGPE propõe à Defesa Civil do município um plano de contingência para a comunidade da Sharp, durante período de chuvas

Objetivo é dar resposta rápida ao risco de alagação na área, que vai passar por futura intervenção do Prosamin+

Justiça mantém justa causa de trabalhador por comportamento homofóbico

Em depoimentos, testemunhas contaram que o ex-empregado fazia piadinha com um colega no momento em que este recebia calças novas do superior, que é homossexual.