Manaus 19.11.2021 – Certificação dos 550 imóveis cadastrados pelo Prosamin+ inicia na segunda-feira. Foto:Tiago Correa_UGPE

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e a Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) realizaram, esta semana, ações de orientação aos moradores da área da Manaus 2000, que serão reassentados na nova etapa do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+).  O objetivo é informar a comunidade local sobre o processo de certificação dos imóveis, que inicia segunda-feira (22/11).

O objetivo da reunião foi preparar a comunidade para o início desse processo e orientar sobre como será realizado (Foto:Tiago Correa_UGPE).

A certificação é uma das etapas no processo de reassentamento de moradores de áreas de risco alcançadas pelo programa do Governo do Amazonas. Receberão os certificados moradores cadastrados cujos imóveis já possuem o selo do programa e que agora estarão aptos a abrir os processos de reassentamento na Suhab.

Na última quinta-feira (18/11), técnicos da UGPE e da Suhab reuniram-se com os membros do Grupo de Apoio Local (GAL), na Igreja Assembleia de Deus, localizada na área, para informá-los sobre o início da certificação dos imóveis. Inicialmente, 550 imóveis receberão os certificados.

O objetivo da reunião foi preparar a comunidade para o início desse processo e orientar sobre como será realizado. Com o certificado, o morador deverá se dirigir à Suhab, levando a documentação necessária, para abrir seu processo de reassentamento.

O Prosamin+, segundo o coordenador executivo da UGPE, engenheiro Marcellus Campêlo, tem como um dos seus pilares o diálogo e a construção dos seus projetos junto à comunidade. “Por isso, as reuniões com o GAL são tão importantes, pois seus membros prezam pelo interesse coletivo e atuam na disseminação de informações e facilitação da comunicação entre governo e a população”, destacou.

(Foto:Tiago Correa_UGPE)

Ele explica que, conforme o avanço das obras, novas certificações irão acontecer até alcançar todos os 2.580 imóveis previstos para serem reassentados nas zonas sul e leste de Manaus, áreas de abrangência do Prosamin+.

Segundo o engenheiro da UGPE, Petrônio Gato, a reunião serviu para apresentar por onde começará o processo de certificação e atualização de dados dos beneficiários do programa, além de esclarecer sobre as atividades realizadas desde o início dos plantões sociais, no dia 15 de setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Pacote para servidores anunciado por Wilson Lima alcança mais de 33 mil trabalhadores da educação

Alcança 33.930 servidores estaduais da educação.

Com mais de 66 mil doses aplicadas, campanha de imunização é retomada nos shopping centers de Manaus

A ação Vacina Amazonas nos centros comerciais foi prorrogada até a segunda quinzena de dezembro

Prefeitura reinaugura PAC municipal no Centro

Cadastro para vagas de emprego e seguro desemprego são alguns dos serviços oferecidos.

Deputada cobra que Prefeitura de Manaus limpe rio Tarumã-Açú

O problema é que a quantidade de lixo tem sido tão grande que eles não estão dando conta e solicitaram ajuda.