O cerco inteligente montado em Manaus para combate ao crime, batizado de Paredão, completou um mês com bons resultados. O governador Wilson Lima destacou, na manhã de hoje (22/11), que o sistema que conta com 500 câmeras instaladas em pontos estratégicos da capital foi responsável por 58% das apreensões de veículos roubados desde que entrou em operação, no dia 22 de outubro.

Os indicadores mostram que as apreensões de veículos aumentaram em 12,4% no período de funcionamento do Paredão (FOTOS: Lucas Silva/Secom).

O Paredão, que faz parte do programa Amazonas Mais Seguro, coordenado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), possui tecnologia capaz de auxiliar na prevenção, investigação e solução de crimes como roubos, furtos e homicídios. Além da recuperação de veículos, o sistema tem auxiliado em investigações que já resultaram em desarticulação de bandos criminosos e na apreensão de drogas

“Hoje está completando um mês de funcionamento de 100% do nosso cerco eletrônico. Foram feitas a recuperação e/ou apreensão de 145 veículos; desses, 85 com a ajuda do cerco eletrônico, e a resposta tem sido praticamente em tempo real”, disse o governador ao destacar que o Estado trabalha para aprimorar cada vez mais o sistema e ampliar os resultados.

(FOTOS: Lucas Silva/Secom).

O balanço foi apresentado por Wilson Lima durante o lançamento da operação Natal da Esperança, no Centro de Manaus, que vai intensificar o policiamento ostensivo e preventivo no período que antecede o final de ano e início de 2022.

Os indicadores mostram que as apreensões de veículos aumentaram em 12,4% no período de funcionamento do Paredão, saindo de 129 no ano passado para 145 neste ano. De acordo com a SSP-AM, de cada dez carros apreendidos, seis foram com a ajuda do Paredão. Segundo o secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, o sistema também ajudou na apreensão de drogas.

“Essa ferramenta é muito potente e estamos cada vez mais aprimorando sua utilização, o que trará grandes resultados na redução da criminalidade. Também podemos citar como resultados positivos desse investimento o aumento de apreensão de drogas. Nos últimos 30 dias, mais de 4 toneladas de entorpecentes foram apreendidas. Também já observamos a redução dos índices de homicídios nas últimas semanas”, ressaltou o secretário de SSP-AM.

Operacionalização – O Paredão está interligado ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e pode ser operacionalizado de maneira integrada pelas forças de segurança pública do Estado. O sistema formado por 500 câmeras possui tecnologia capaz de auxiliar na prevenção, investigação e solução de crimes como roubos, furtos e homicídios.

O sistema permite identificar, avaliar, acompanhar e coordenar ameaças reais ou potenciais, buscando prevenir, neutralizar e reprimir atos criminosos de qualquer natureza que atentem contra à ordem pública e à segurança de pessoas e patrimônios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

‘Bora pro Parque’ oferece lazer, cultura e esporte aos moradores da orla do São Raimundo

A terceira edição aconteceu neste domingo (24/10).

PC-AM solicita apoio da população na divulgação da imagem de homem que desapareceu no bairro Tarumã

De acordo com a mulher de Jucimar Santos de Sousa, ele saiu para o trabalhar e não retornou para casa

Governo do Estado orienta moradores da Manaus 2000 sobre processo de reassentamento do Prosamin+

Certificação dos 550 imóveis cadastrados inicia na segunda-feira (22/11).

MPAM instaura Inquérito Civil para apurar permanência de balsas de garimpo no município de Autazes-AM

Relatório preliminar da PJ de Autazes aponta que cerca de 300 dragas permanecem no referido local.