Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), criou um grupo de trabalho, nesta quinta-feira, 18/11, com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para tratar sobre um Acordo de Cooperação Técnica, que pretende aprimorar e disponibilizar bases de dados demográficos e sociais sobre a população manauara. O acordo visa auxiliar nas ações de monitoramento e elaboração de novas estratégias de gestão educacional.

O grupo de trabalho, formado por três membros da Semed e dois do IBGE, está elaborando as atividades. A expectativa é que até o final deste mês, o acordo já esteja assinado entre as partes.

A proposta tem como principal objetivo a realização dos censos demográficos, que para a realização serão disponibilizados espaços nas escolas da Semed, onde acontecerão o treinamento de 1.700 profissionais, encarregados em fazer essa coleta de informações demográficas.

O titular da Semed, Pauderney Avelino, disse que a secretaria vai contribuir de forma significativa, cedendo esses espaços nas escolas, para assegurar que todos esses profissionais sejam bem treinados.

“A instrução desses colaboradores para a coleta de dados, traz um ganho para todos os envolvidos. Primeiro ganham os cidadãos, que vão ter mais voz ativa em contar suas realidades. Depois ganham os profissionais contratados, que vão poder adquirir experiência nessa área técnica, e finalmente, ganham ambas as instituições, com uma parceria que fortalece essa relação”, afirmou o secretário.

Segundo o diretor de Departamento da Semed, Leís Batista, a parceria visa alinhar justamente as informações com os responsáveis do IBGE em prol da celeridade e melhoria dos problemas enfrentados dentro do sistema.

“A parceria será de extrema importância para a Semed, porque nós poderemos ter informações mais precisas sobre a população e planejar melhor a expansão da estrutura física da nossa rede municipal de ensino com mais alunos presentes nas escolas”, comentou Leís Batista.

De acordo com o chefe do IBGE Amazonas, José Ilcleson, é importante esse alinhamento para fornecer um retrato detalhado de vários aspectos da população brasileira como: educação, moradia, trabalho e condições de vida, além de permitir comparar dados e entender a evolução de indicadores sociais.

“Essa parceria é fundamental, para que possamos realizar essa megaoperação censitária. Com essa coleta de dados, podemos descobrir questões como: quantos de nós somos; como nós vivemos e quais as condições de vida que a população manauara vive. Dessa forma, fica mais claro entender os potenciais que a educação pode vir a ter e assim direcionar melhor os investimentos públicos ”, comentou José Ilcleson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Campanha Vacina Amazonas nos shoppings de Manaus retorna nesta quinta-feira (25/11)

Com a aplicação de mais de 50 mil doses, a vacinação nos centros comerciais foi prorrogada até 15 de dezembro

UGPE e Bombeiros iniciam tratativas para regularização dos parques residenciais do Prosamin+

Ação visa expedição de título definitivo dos imóveis; órgãos planejam ainda cooperação técnica para adoção da metodologia BIM na vistoria e licenciamento

Governo do Estado anuncia ampliação do sistema de abastecimento de água de Nova Olinda do Norte

Obra irá beneficiar mais de 2.100 pessoas em 20 quilômetros de redes

UNINORTE lança projeto Bike sem Barreiras em Manaus

Projeto disponibiliza bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida