Policiais civis da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), prenderam na terça-feira (16/11), um homem identificado como Luiz Gabriel Farias da Silva, 23, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo homicídio qualificado de Pedro Rocha Fernandes, que tinha 60 anos. O crime ocorreu no dia 11 de agosto de 2017, no Lago Janauari, naquele município.

De acordo com o delegado Raul Augusto Neto, titular da 31ª DIP, Luiz Gabriel e outros seis indivíduos, que já estão sendo procurados pela polícia, cometeram o crime por desavenças com a vítima. 

“Eles possuíam certa animosidade com Pedro, que era caseiro de um sítio e proibia que os infratores transitassem por aquela área. Agora, as investigações continuam para capturar os outros envolvidos na ação criminosa”, detalhou a autoridade policial.

Ordem judicial – O mandado de prisão preventiva em nome de Luiz Gabriel foi expedido no dia 15 de setembro de 2021, pela juíza Aline Kelly Ribeiro Marcovicz Lins, da 2ª Vara da Comarca de Iranduba. “Após a ordem judicial ser expedida, as equipes iniciaram as diligências para localizar o infrator, e ele foi preso na terça-feira (16/11), na Praça dos Três Poderes, em Iranduba”, informou.

Procedimentos – Luiz Gabriel responderá pelos crimes de homicídio qualificado e associação criminosa. Ele ficará custodiado na carceragem da 31ª DIP, à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Delegacia do Consumidor orienta sobre cuidados ao alugar imóveis para festas de fim de ano

Preços muito abaixo do mercado, oferecidos em redes sociais, podem indicar algum tipo de golpe

PC-AM prende homem condenado a 28 anos de prisão por crime de estupro de vulnerável ocorrido em 2010

PC-AM prende homem condenado a 28 anos de prisão por crime de estupro de vulnerável ocorrido em 2010

Wilson Lima lança operação ‘Natal da Esperança’ para intensificar policiamento ostensivo e preventivo no estado

Em Manaus, efetivo nas ruas terá reforço diário de 280 policiais militares neste período que antecede e após festas de fim de ano.