Os setores têm por objetivo organizar os projetos do programa Amazonas Mais Seguro, lançado pelo Governador do Amazonas, Wilson Lima, em julho deste ano (FOTOS: Tarcísio Heden – SSP ).

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) inaugurou o Centro Integrado de Acompanhamento de Projetos e Elaboração de Políticas em Segurança Pública (Ciaesp) e o Centro Integrado de Estatística de Segurança Pública (Ciesp). Os setores têm por objetivo organizar os projetos do programa Amazonas Mais Seguro, lançado pelo Governador do Amazonas, Wilson Lima, em julho deste ano.

A cerimônia aconteceu na manhã de hoje (12/11), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A criação dos centros foi uma determinação do secretário de Segurança, general Carlos Alberto Mansur. Além dos centros, outro setor a ser lançado é o Escritório de Projetos em Segurança Pública e Defesa Social. Os departamentos vão auxiliar o estado a combater e prevenir a violência.

De acordo com o secretário, a criação dos centros dará mais transparência aos trabalhos desenvolvidos pelo sistema, principalmente no âmbito estatístico, que é um dos nortes que guiam os agentes em campo.

A criação dos centros foi uma determinação do secretário de Segurança, general Carlos Alberto Mansur (FOTOS: Tarcísio Heden – SSP ).

Para o general, os departamentos são um marco positivo. Agora, um colegiado deve trabalhar as políticas de segurança e acompanhar os projetos que serão desenvolvidos, e muitos deles, através das estatísticas.

 “É um Centro Integrado, é complexo, não é somente informações do Centro Integrado de Operações e Segurança (Ciops). Por exemplo, o nosso Centro de Estatística vai ter mais informações, vai ser uma consolidação. O Ciops trabalha com informações da Polícia Militar. Nesse caso, vamos ter informações do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil, do Detran e de qualquer cidade do interior. Vai ser algo bem complexo”, explicou.

CIAESP –  O centro vai elaborar, gerenciar, acompanhar, monitorar e promover, em articulação com os órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública, a Política Estadual de Segurança Pública e Defesa Social. O coordenador do CGESP, coronel Algenor Teixeira, explicou como o departamento é formado. “O CIAESP é utilizado através do trabalho integrado com as instituições e demanda as políticas de segurança a nível estratégico do governo do estado. E, essas políticas de segurança, geram os projetos que através dessa nova ferramenta vai acompanhar a execução dessas propostas”, explicou.

Os departamentos vão auxiliar o estado a combater e prevenir a violência (FOTOS: Tarcísio Heden – SSP ).

CIESP – O coordenador do CIESP, Major Rougêt Brito, explicou que a ferramenta tem como objetivo construir um sistema capaz de municiar os responsáveis pelo planejamento de políticas públicas de segurança com informações necessárias que permitam o ato decisório, em menor tempo e com grau apurado de certeza.

“A ideia do centro, é justamente, integrar esses dados estatísticos, colocar a equipe técnica para conversar no formato de colegiado, para que possa integrar os dados, fazer uma análise com mais qualidade, ter uma informação mais célere, mais otimizada para subsidiar a decisão estratégica”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar

Mais da metade dos Municípios já flexibilizaram uso de máscaras em locais abertos

O resultado é bem diferente da última quinzena, onde 89% dos pesquisados mantinham esta obrigatoriedade.

Ipat atinge marca histórica e tem 100% dos apenados em programas de ressocialização

Atividades proporcionam reintegração social e promovem mudança de vida aos internos

Prefeitura lança edital de R$ 5 milhões para segmentos de geração de renda e inclusão social

A data final para a entrega das propostas será o dia 31 deste mês.