O Polo Industrial de Manaus (PIM) segue avançando em 2021. No período de janeiro a agosto deste ano, as principais indústrias do PIM faturaram o montante de R$ 100,72 bilhões, o que indica um crescimento de 46,14% na comparação com o mesmo intervalo de 2020 (R$ 68,92 bilhões) e 51,62% em relação a 2019 (R$ 66,42), ano que antecedeu o período de pandemia.

As exportações do PIM também atingiram resultado positivo no período de janeiro a agosto deste ano, com US$ 289,9 milhões em vendas externas e crescimento de 27,45% na comparação com o mesmo intervalo de 2020 e recuperando a queda das exportações que ocorreram em 2019 (US$ 285,10)

Em agosto de 2021, o PIM empregou 98.459 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados, uma queda de 2,85% ante julho de 101.344, mas manteve a média anual de janeiro a agosto acima de 100 mil postos de empregos (101.782 trabalhadores). Se compararmos agosto de 2021 em relação 2020, houve um crescimento de 4,64% em postos de trabalho, nas maiores empresas instaladas no PIM.

Segmentos e produtos

Vinte e cinco dos 26 subsetores de atividades do PIM cujos indicadores são apurados mensalmente pela Suframa apresentaram crescimento no período de janeiro a agosto de 2021 em relação ao mesmo intervalo de 2020, liderados por setores de grande representatividade como Bens de Informática do Polo Eletroeletrônico (faturamento de R$ 27,2 bilhões e crescimento de 50,78%); Eletroeletrônico (faturamento de R$ 22,04 bilhões e crescimento de 25,76%); Duas Rodas (faturamento de R$ 12,98 bilhões e crescimento de 49,26%); Termoplástico (faturamento de R$ 8,95 bilhões e crescimento de 83,49%); Metalúrgico (faturamento de R$ 8,79 bilhões e crescimento de 55,4%); e Mecânico (faturamento de R$ 6,76 bilhões e crescimento de 75,81%), entre outros.

Vários produtos também registraram crescimento no volume de produção no período de janeiro a agosto de 2021, com destaque para itens como home theaters, com 76.253 unidades fabricadas e crescimento de 252,50%; tablets, com 1,27 milhão de unidades e crescimento de 159,59%;  microcomputadores portáteis, com 636.656 unidades e aumento de 85,82%; relógios de pulso e de bolso, com 4,83 milhões de unidades e crescimento de 76,76%; condicionadores de ar do tipo split system, com 4,42 milhões de unidades e crescimento de 65,06%; motocicletas, motonetas e ciclomotos, com 804.199 unidades fabricadas e crescimento de 36,25%; e bicicletas (inclusive elétricas), com 501.748 unidades e crescimento de 33,66%.

Avaliação

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, avalia positivamente os principais indicadores do PIM (faturamento, emprego e volume de produção) demonstrando a segurança jurídica do Modelo em atrair e ampliar novas linhas de produção e com isso contribuir para o desenvolvimento do Estado. “O avanço dos indicadores do PIM é muito importante para ampliarmos as ações de geração de emprego e renda que tanto são priorizadas nas atividades desempenhadas pela Suframa”, disse Polsin. “A expectativa é de que os números possam avançar, à medida que temos ainda quatro meses de resultados a serem apurados deste segundo semestre e este é um período do ano de ampliação da demanda interna, por conta de datas especiais como Natal, Black Friday, entre outras, que tendem a impulsionar o consumo”, complementou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Junta Comercial do Amazonas registra 609 novas empresas no mês de novembro

Segmento de serviços foi o mais procurado pelos empreendedores no mês de novembro

Prefeitura faz alinhamento para realizar festa de Réveillon na Ponta Negra

O Réveillon deste ano contará com atrações nacionais como Luan Santana e os artistas do segmento gospel, Fernandinho e Leonardo Gonçalves, além de bandas e cantores locais.

Prefeitura de Manaus promove regularização fundiária em sete bairros e comunidades

As ações em campo incluem produção dos ortomosaicos, conjunto de imagens para realizar a medição, extrair coordenadas e fazer mapeamento com alta precisão.

Governo do Amazonas atendeu 300 pacientes trans e travestis como parte do projeto ‘TransOdara’

A inclusão dos participantes em situação de privação de liberdade é fruto da parceria com Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio do Programa de Pós-Graduação em Segurança Pública, Cidadania e Direitos Humanos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).