Agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) encerraram uma festa clandestina, na noite deste sábado (07/08), que estava sendo realizada em um sítio localizado no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. Mais de 2 mil pessoas estavam no local. O organizador do evento não foi encontrado.

A festa “Me Faz Feliz Sunset” foi encerrada pela CIF por volta das 22h30, após denúncias anônimas informando o descumprimento do decreto governamental que proíbe a aglomeração de pessoas e prevê protocolos sanitários de combate a proliferação da Covid-19. O público jovem estava sem máscaras e em grande aglomeração.

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a CIF contou com a participação de agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot). Segundo a Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), mais de 2 mil pessoas estavam no local no momento da chegada dos fiscais, e foram dispersadas.

Ação conjunta – A CIF é coordenada pela SSP-AM e conta com apoio das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Visa Manaus, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Doutora Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).

Denúncias – Delações referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou apresentem outras irregularidades, podem ser feitas ao 190 ou ao 181, o disque-denúncia da SSP-AM.

Você pode gostar

PM apreende meia tonelada de pescado e mais de 100 metros cúbicos de madeira na Região Metropolitana

Cinco pessoas foram detidas por crimes ambientais.

Batalhão Ambiental apreende cerca de 70 metros cúbicos de madeira ilegal no bairro Nova Cidade

Propriedade foi autuado por crime ambiental.

Bairros da zona Sul lideram ranking de irregularidades na fiscalização urbana

O São José lidera o ranking de bairros com maior obras irregulares.

Governo do Amazonas paga 18ª parcela do auxílio-moradia aos moradores do Monte Horebe

Mais de 2 mil famílias devem receber benefício.