Pilotar motocicleta sem capacete, conduzir veículo com licenciamento anual em atraso e dirigir sem possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram as infrações mais cometidas no estado no primeiro semestre de 2021. De acordo com os dados do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), houve um aumento de 40% na quantidade de infrações aplicadas, em comparação com o mesmo período do ano passado.

De janeiro a junho deste ano, 8.889 condutores foram autuados por conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem capacete. No mesmo período do ano passado, esse número foi de 6.033 autuações, ou seja, houve um aumento de 47% neste ano. Essa infração prevê multa de R$ 293,47, pois é gravíssima, e o recolhimento da CNH. Para o veículo não ser removido ao parqueamento, o condutor precisa conseguir um capacete para seguir com a motocicleta.

No primeiro semestre deste ano, a segunda infração mais cometida foi a de conduzir veículo com o licenciamento em atraso: foram autuados 4.120 condutores. No mesmo período de 2020, foram 3.251 infrações aplicadas, o que representa um aumento de 27% nesse tipo de infração neste ano.

O veículo com licenciamento em atraso pode ser removido ao parqueamento. Contudo, o condutor tem a opção de sanar todos os débitos do veículo diretamente na blitz do Detran-AM, com o pagamento por cartão de crédito em até 12 vezes. Mesmo assim, o condutor será multado em R$ 294,47 e perderá sete pontos na CNH.

Por fim, a terceira infração mais cometida neste ano foi a de dirigir veículo sem possuir a CNH ou a Permissão Para Dirigir (PPD). A multa aplicada é de R$ 880,41. Na blitz, se o condutor for pego sem o documento de habilitação, é realizada a retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado. Em 2021 foram 2.433 multas aplicadas no primeiro semestre; neste ano, foram 1.719. Em comparação, houve aumento de 42% neste ano, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

PM apreende meia tonelada de pescado e mais de 100 metros cúbicos de madeira na Região Metropolitana

Cinco pessoas foram detidas por crimes ambientais.

Batalhão Ambiental apreende cerca de 70 metros cúbicos de madeira ilegal no bairro Nova Cidade

Propriedade foi autuado por crime ambiental.

Bairros da zona Sul lideram ranking de irregularidades na fiscalização urbana

O São José lidera o ranking de bairros com maior obras irregulares.

Governo do Amazonas paga 18ª parcela do auxílio-moradia aos moradores do Monte Horebe

Mais de 2 mil famílias devem receber benefício.