A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), cumpriu, nesta quinta-feira (05/08), por volta das 6h30, mandado de prisão em razão de sentença condenatória em nome de um homem de 40 anos pelo crime de estupro de vulnerável, que teve como vítima uma adolescente de 13 anos. O crime ocorreu entre os anos de 2011 e 2012, em Manaus.

Conforme a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, a prisão do infrator ocorreu no bairro Compensa, zona oeste da capital. Segundo a delegada, a vítima frequentava a igreja onde o homem era pastor, local onde ele passou a assediá-la após os cultos.

“Constatamos que o indivíduo prometia dar uma vida boa para a menina. Em julho de 2011, após uma caminhada com jovens da igreja, ele levou a vítima para um motel e cometeu o ato criminoso”, explicou a delegada. 

A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 1° de fevereiro deste ano, pelo juiz Luís Carlos Honório de Valois Coelho, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes. Todo o processo corre em segredo de Justiça.

Procedimentos – O homem foi condenado a nove anos de prisão por estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na Depca, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Você pode gostar

Belarmino Lins pede providências para melhorar abastecimento d`água em Manaquiri

Os moradores desses bairros sofrem com a falta d`água devido a deficiência da rede de abastecimento local.

MPAM cobra a nomeação de agentes para atuarem na carceragem de Fonte Boa

Após o juiz da cidade negar o pedido inicial, o MPAM recorreu e, no dia 08 de março deste ano, obteve êxito.

Altevir Moreira toma posse como secretário da Semulsp em Manaus

A solenidade contou com uma homenagem ao ex-secretário, Sabá Reis, e com a participação de gestores municipais, dos subsecretários e servidores da secretaria.

Recuperação de empregos é meta do Governo do Amazonas para 2022, afirma Wilson Lima

Governador comentou saldo positivo de empregos em relação às demissões no Amazonas e aumento de mão de obra no PIM